sexta-feira, 10 de setembro de 2010

AMIGOS SÃO ESTRÊLAS...






Uma das melhores coisas que a Bienal nos viabiliza são as oportunidades de conhecermos pessoas especiais que passam a fazer parte do nosso mundo, o mundo da poesia...
Amigos queridos que até então conhecíamos apenas através do mundo virtual e que
através do passaporte da poesia entram para o mundo real!
Conheci muitas pessoas especiais, na verdade, todos são especiais, pois tomos somos
seres únicos e perfeitos diante do criador, porém são os momentos vividos que aproximam as pessoas e a mágica da amizade acontece!
A Má, é uma dessas pessoas, que mesmo à distância mantemos uma amizade próxima; assim como outros que já passaram por esta sala de chá e poesia!
Aos poucos venho trazendo neste espeço pessoas que conheci neste mundo virtual,
mas que são reais em nossas vidas...
Hoje apresento aos amigos da Blogosfera Mauricio Cardoso Garcia, ou MC Garcia como gosta de ser chamado e é conhecido. Tivemos a oportunidade de nos conhecermos ao vivo e em cores na XXI Bienal Internacional do Livro.

MC Garcia nasceu em natal, Rio Grande do Norte, em 19 de junho de 1961. Professor, Poeta, Filósofo, Contista, Militar de Nicles; tem seis livros publicados (Dendroclasta, Paradoxo Euniversal, Povarejo, Bisaco de Pensador Mais Uma Ruma de Ideia e Povarejo em Dobro e Crônicas de Uma Crônica Vida).

Perguntei à Maurício o que representou para ele ter participado da XXI Bienal do Livro, abaixo
o depoimento dele:

Para mim foi muito importante, visto que me era um sonho que vinha alimentando há algum tempo; já havia estado em outrora apenas como visitante, na década de oitenta quando morei em Sampa.
Para mim representou um momento inusitado e ímpar na minha vida e na vida daqueles que realmente gostam da literatura e acima de tudo do prazer de ler, e e isto nos é de suma importância
para ampliar os nossos conhecimentos, como também, uma oportunidade de nos expor através das nossas obras para que outros possam vie a avaliar. É isso, que acredito.

Maurício, o que é ser poeta pra ti?

Ser poeta é ser distinto, às vezes ignorado, não compreedido, louco, egocêntrico, mas acima de tudo é ser livre e ousado para sonhar e dizer tudo que sente e que as vezes também não sente, mas que pensa de forma quão racional que chega a ser mal interpretado diante de alguns sistemas (ou cabeças) fechados (as)

Na tua visão, como é ser poeta neste mundo onde a poesia está perdida e esquecida nas prateleiras?

Ser poeta só é bom para quem é verdadeiramente poeta não levando em conta esta realidade do sucesso ou insucesso, acredito que para o poeta o ato de escrever já lhe é uma grande satisfação e realização. Certamente, não é de hoje que a poesia, acima de tudo no Brasil, tem sofrido esse descaso cruel. Os "grandes poetas" brasileiros não viviam propriamente da arte poética, mas de um outro ofício distinto, geralmente funcionários públicos. Para mim a poesia surge antes de tudo isso e o sucesso é apenas uma consequência.

Tens algum livro no forno?

Sim, tenho vários livros. Estou trabalhando um romance autobiográfico, para lançar em 2012, se Deus quiser. Tenho uns três livros de crônicas e contos já prontos a qualquer momento podem sair do prelo, intitulados (VEVE e LUCINA / CINCO CONTOS REAIS / SÍTIO SANTA MARAVILHA) e muitos outros.

Qual o supra sumo dos teus livros?

Trato em meus livros das coisas do mundo (social, político, amoroso, racional) acredito que seja isso.

Palavras de MC. Garcia:

Verdade, justiça e amor, muito amor no coração da humanidade e acima de tudo no meu.

Hora de tomar chá e saborear os poemas do nosso amigo poeta MC Garcia!





Poemas de MC Garcia
Do Livro Paradoxo Euniversal.









CONFESSO QUE SOU SONHO

Senti todos os meus sonhos
Possíveis e impossíveis
Possíveis Pelo que sou e sinto...
Impossíveis Pelo que escrevo e penso...

Confesso que não vivo. SOnho...

Sonhei todas as vidas para me tornar sonho
Desta realidade puramente utópica...

Confesso que sou sonho
Porque sinto.

Recados para Orkut



O SENTIR

Quando te vi
Em algum lugar do vindouro
A minha utopia me dizia
Em meu devaneio
Que eras real
E o meu afã
Tão logo se concretizou
Te encontrei
Quando não te procurava.
Mas o meu sentir
Em algum lugar do pretérito
Já havia edificado o teu ser.

Antes do antes
O existir.
Depois do depois
O sentir...
Após a eternidade
Seremos infindos
No sentir do Nosso SENTIR.




Contatos do autor:
e-mail: garciamc2001@hotmail.com


18 comentários:

CORDÉIS LITERÁRIOS EM LIVROS disse...

Amiga minha, que belo! Adorei! És mesmo uma pessoa especial. Quanta dedicação em nome de uma amizade sincera que muitos frutos poéticos podem ser gerados. Terei enrme prazer de divulgar o teu trabalho que acima de tudo me faz sentir honrado de sair numa entrevista e ao mesm tempo ao lado da poeta e autora desta obra magnífica. Parabéns!

E muitos beijos

Victor Gil disse...

Querida RO.
Mais uma vez estou aqui para me intrometer no teu chá rsrsrsrs.... Tenho cá esta mania, o que hei-de eu fazer. Sou um apreciador do teu chá e está tudo dito e não perco a oportunidade de tomar uma chávena bem quentinho e com muitooooooooo açúcar.
Agora mais a sério. Bienal de S. Paulo, já te disse, não é para todos. Tomara que houvesse aqui em Portugal um evento cultural com essa dimensão. Conheci na instituição onde trabalhei, alguns pintores, escultores, escritores, etc.. que passaram por aí. Sei bem da importância que esse evento cultural tem no mundo inteiro. Portanto, parabéns para todos os que participaram, principalmente para as pessoas que conheço, que adoro, que tenho uma profunda amizade, como é o teu caso e da MA. Conheço muitas pessoas na net, mas vocês duas são especiais. Conheci uma através da outra e não perguntem porque eu adoro as duas, porque existem coisas que não se explicam.
Querida RO, continua a convidar os poetas, os artistas que entenderes.
Mas vais ter que partilhar o chá também comigo, porque sou um GRANDEEEEEEEEE intrometido rsrsrsrsrs.
Beijos
Victor Gil

Pedra do Sertão disse...

Olá, Rosana,

Parabéns pelo blog e pela entrevista ao poeta MC Garcia... Estamos a divulgá-los também entre os amigos! Abraço
Araceli

Elaine Barnes disse...

Que delícia amiga,conhecer alguém assim, tão simples e encantador na sua obra. Fez muito bem em publicar aqui sua entrevista que ficou ótima. Os poemas são lindos e com esse chá então... Amei esse post. Montão de bjs e abraços

Márcia Cristina Lio Magalhães disse...

Querida Rô!

Obrigada por mencionar euzinha lá no começo do tópico, tu me envaidece...
Parabéns pela entrevista, ficou ótima!
Parabéns ao poeta pelas palavras sinceras...

e por último e não menos importante:

um beijoooooooooooo ao amigo Gil que é um fofo, adoro-te!

Rô, caminhão de beijos pra ti, com sorrisos!

O Profeta disse...

Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria

Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura


Doce beijo

JB disse...

Estou de regresso:)!

Quero agradecer-lhe as suas visitas no meu cantinho!

Gostei de regressar e levo daqui a certeza de que a amizade é o elo mais forte da humanidade! Parabéns pelo seu trabalho!

Beijinho

Kimbanda disse...

Passei para deixar meu kandando e desejo de um resto de domingo muito feliz e me deliciei virando páginas e interiorizando a paz e sensibilidade que aqui se respira.
Óptimo domingo!
Kandandos meus

O Profeta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RosanAzul disse...

Meu agradecimento à todos que por aqui passaram deixando seu carinho!
Um grande e amoroso abraço de muita paz e luz!
Rosana

A Magia da Noite disse...

sentir é a chave para saber amar.

Sandra disse...

São Super Estrelas. Por isso estou aqui.

VENHO CARINHOSAMENTE ENTREGAR EM MÃOS O MEU CONVITE DE ANIVER PARA O DIA 22.09.2010
LOCAL:CURIOSA.
HORÁRIO:DURANTE TODO O DIA.

É COM MUITO CARINHO QUE DEIXO O CONVITE A VOCÊ. ESTAR AQUI JUNTINHO DE VOCÊ É TER A CERTEZA QUE A VIDA NÓS DÁ DE PRESENTE, MAIS UM DIA..UM ANO MUITO ESPECIAL: O NOSSO ANIVR.
CELEBRAR A VIDA É TUDO DE BOM.
QUERO COMEMORAR CONTIGO ESTA DATA TÃO ESPECIAL.

VOCÊ SERÁ O MEU MELHOR PRESENTE..
VENHA SE DIVIRTIR COM A CURIOSA.
SERÁ UMA LINDA FESTA..
VAI TER BOLO, CHAMPANHE, DANÇA, SALGADINHOS..MUITA ALEGRIA.

UM GRANDE ABRAÇO..
DEUS TE ABENÇOE.
CARINHOSAMENTE
SANDRA

M. C. Garcia disse...

Meus sinceros agradecimentos à todos que por aqui passaram e deiixaram o seu recado em nome da arte poética!
Um grande e sincero abraço poético a todos.

M. C. Garcia

Sandra disse...

AMIGOS SÃO COMO PRESENTES..
É SEMPRE UM GRANDE PRAZER EM RECEBÊ-LOS.
Amizade

A verdadeira amizade é uma pérola
de valor inestimável.

Cultive a amizade.
Corresponda às gentilezas.
Não se encolha.
Nem se afaste dos outros.
Aproxime-se.
Há muito de amor trancado em você.
Procure ser o amigo das horas difíceis.
Dê demonstrações de sua amizade,
mas não espere ser correspondido(a).
Compreenda que nem todos
são como você.
Tolere as faltas dos seus amigos.

Tenha amizade pura e desinteressada.
Não deixe que o tempo a consuma.

Não pode ser amigo,
quem não AMA INCONDICIONALMENTE.

Texto do Livro
Gotas de Esperança de
Lourival Lopes

José disse...

Olá Rosana!

Uma bonita entrevista, conduzida por si e partilhada convosco, obrigada.

Uma boa semana para si também

Um beijinho,
José.

António Gallobar disse...

Olá amiga Rosana

Muito obrigada pelo carinho que espalha, e quando se fala de amigos, são deveras importantes, por vezes quase nãao tempo para os mimar. Parabens pelo blogue é espelho disso mesmo de bom gosto, parabens pelo texto e pelas escolhas poeticas.

Beijinhos

conceição fittipaldi (Mallika) disse...

OI Rosana

Lindo seu blog. Felicitações.

Abraços.

armalu disse...

amigos são estrelas quando são reais, amigos são anjos que nos dão as asas... amigos são tudo e de repente alguns são nada. bj